TAPA 101: Terraform+AWS

This is the very first article of the Deploying infrastructure with Terraform+AWS+Packer+Ansible series, to show a basic infrastructure deployment on AWS.

In this post we’ll use terraform to create an instance on AWS, but we’ll do a little more than that.

We’ll create everything you need to get an instance running: vpc, subnet, securitygroup, keypair, internet gateway, route table….

Continuar lendo “TAPA 101: Terraform+AWS”

TAPA: Deploying infrastructure with Terraform+AWS+Packer+Ansible

It´s been a long time I know, but it was time to study new tools and, of course, write something here so I don´t forget what I´ve been using for now.

I used to write a lot about Foreman and Puppet and I´ll surely write more about them, but nowadays I´m using a complete different set of tools while working with short-term servers.

In this new series of articles I´ll be showing how to use these cool tools to interact with Amazon cloud and instances without logging into the AWS console or in the instances.

SPOILER: This will be a briefing of what is the so called “Immutable infrastructure”.

Continuar lendo “TAPA: Deploying infrastructure with Terraform+AWS+Packer+Ansible”

Foreman + AWS

Mais um sobre Foreman e agora sobre como utilizá-lo com instâncias na AWS.

Vamos focar no Foreman em si e no mínimo necessário para sua instalação e integração com a AWS.

Continuar lendo “Foreman + AWS”

Puppet e AWS: subindo uma EC2

Este artigo é o primeiro de uma série sobre Puppet e AWS.

A integração do Puppet com a AWS funciona bem e é um assunto que desperta interesse em muita gente. Há boa documentação na Internet sobre o tema, mas aqui escrevo para as pessoas que já pesquisaram sobre o assunto e acabaram desistindo por terem achado que seria muito complexo e/ou trabalhoso realizar esta integração.

Digo isso pois a maior parte dos materiais que encontrei eram extensos, detalhados e sem exemplos práticos. Eu particularmente gosto desse tipo de documentação que te explica os conceitos, como a coisa funciona e depois te deixa livre pra implementar do seu jeito. Porém, essa abordagem só funciona se você dispuser de tempo e paciência para realmente compreender o assunto antes de meter a mão na massa, pois caso contrário, é bem provável que não funcione, perca o interesse no assunto e desista.

Por isso, nesta série de artigos, a abordagem utilizada será: “Vamos botar pra funcionar. Viu que não é tão difícil ? Depois você estuda detalhadamente cada uma das opções dos resources…”.

Continuar lendo “Puppet e AWS: subindo uma EC2”