The Foreman

 

O Foreman é uma ferramenta de gerenciamento do ciclo de vida de seus servidores. Ele se integra com sua ferramenta de gerência de configuração (ansible/puppet/salt/chef), cuida do provisionamento (bare metal, AWS, Azure, VMware, OpenStack, GCE etc) e fornece reports e informações úteis em sua interface web. Parece bom né ? Mas na verdade só falando assim não dá pra ter uma noção do potencial dessa ferramenta.

Na verdade a ferramenta é tão boa que, pra quem não sabe, é usado pelo RedHat Satellite. Na verdade o Satellite é o Katello, que é um plugin para o Foreman (mas que é maior que o próprio Foreman). Ele adiciona ao Foreman a parte de gerenciamento de subscrições RedHat, repositórios etc.

Continuar lendo “The Foreman”

Foreman Discovery

Ainda sobre provisionamento com o Foreman vamos falar do Foreman Discovery, uma forma ainda mais simples de provisionamento que pode ser aplicada para provisionar muitos hosts físicos de forma muito rápida.

Lugar de servidor é o rack. Que tal se seu fornecedor de hardware pudesse entregar seus servidores no datacenter e seu pessoal de IDC já os colocasse no rack, ligasse, e eles aparecessem magicamente em uma interface web prontos para você clicar dizendo o que cada um deles será e provisioná-los automaticamente em minutos ?

Conheça o Foreman Discovery.

Continuar lendo “Foreman Discovery”

ITIL: Problemas e incidentes (pt3)

Fechando o assunto sobre Problemas e Incidentes (parte 1 e parte 2), comentando sobre mais algumas diferenças e agora recomendações sobre que objetivos você deve ter em mente quando desenhar tais processos.

Continuar lendo “ITIL: Problemas e incidentes (pt3)”

Foreman como provisionador

Como prometido anteriormente, neste post vou demonstrar como user o Foreman como provisionador em sua máquina usando VirtualBox.

Partirei da premissa que o Foreman já está instalado e com duas redes configuradas, como descrito aqui.

Continuar lendo “Foreman como provisionador”

ITIL: Problemas e incidentes (pt2)

Continuando o post anterior, queríamos evitar alguns erros bem comuns já que estávamos desenhando os dois processos juntos.

Aprender com nossos erros é obrigação, mas aprender com os que erraram antes é melhor. Muitas decisões nos desenhos dos processos podem gerar conflitos e ineficiência lá na frente.

É claro que não há como prever tudo que pode dar errado, mas saber erros que queremos evitar é um direcionador muito importante.

Continuar lendo “ITIL: Problemas e incidentes (pt2)”

ITIL: Problemas e incidentes (pt1)

É muito comum encontrar em empresas uma separação entre analistas que tratam problemas e analistas que tratam incidentes, seja dentro do mesmo time, em times separados ou até setores separados.

Eu acredito que essa abordagem gera mais problemas do que resolve e, além disso,  discordo dos que dizem que o ITIL recomenda assim pois, o ITIL diz muita coisa, mas ele não diz o *como implementar*.

Por outro lado, se um cargo capacita a pessoa, minha opinião deve mesmo estar errada frente ao número de pessoas capacitadas que implementaram dessa forma.

Aqui reflito sobre essa questão e porque eu faria diferente.

Continuar lendo “ITIL: Problemas e incidentes (pt1)”

Foreman como provisionador (slides)

Continuando a série de artigos sobre o Foreman (Foreman como ENC para o Puppet e Foreman: instalação), trago aqui a apresentação entitulada “Foreman como provisionador” feita no Meetup DevOps Carioca 26/01/2017 .

Para mais detalhes, veja este post sobre o assunto.